Lupicínio Rodrigues, um brinde ao homem dos nervos de aço

  Lupicínio Rodrigues se vivo fosse, hoje completaria 100 anos. Um dos maiores compositores da Música Popular Brasileira, Lupicínio foi também  o grande criador de um gênero: as canções “dor de cotovelo”. “Dor de cotovelo”, refere-se à prática, comum nos bares, onde homens ou mulheres sentam-se no balcão, cravam os cotovelos no mesmo, pedem um Whisky…

Leia mais Lupicínio Rodrigues, um brinde ao homem dos nervos de aço

Chico Buarque, quem diria, completou 70 anos

Meu pai era um homem intelectual e como tal, levava para casa tudo o que Chico Buarque produzia, portanto cresci ouvindo as canções do Chico e claro tornei-me uma fã incondicional. Sua obra repleta de lirismo e poesia não passou incólume por mim, ao contrário, tatuou a minha alma! Difícil fazer uma seleção das minhas…

Leia mais Chico Buarque, quem diria, completou 70 anos

“Poeta, meu poeta, poetinha…”

Vinicius de Moraes, brasileiro, diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta e compositor. Se vivo fosse, completaria 100 anos. Publicou mais de 400 poemas. Foi um dos poetas mais traduzidos do Brasil. O poeta levou vida de poeta! Boêmio, amou e sofreu por amor! Viveu de paixões. Casou-se nove vezes em busca do amor eterno, o que tornou-se…

Leia mais “Poeta, meu poeta, poetinha…”