Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Foi realizada de 17 a 22 de abril, a 57ª edição da Milan Design Week, principal vitrine de design contemporâneo do mundo. O evento abrangeu os programas do Salone Del Mobile, exposição internacional anual de móveis na Rho Fiera e Fuorisalone – um conjunto de eventos distribuídos por várias áreas de Milão.

O pilar da feira de design deste ano foi o seu primeiro Manifesto: uma declaração de intenções orientadas para canalizar as forças e trabalhar em conjunto, com o objetivo de preservar o papel do evento e consequentemente atrair novos projetos e recursos para Milão.

“Milhares de pessoas passam pelos pavilhões todos os dias. É fácil entender que o Salone del Mobile di Milano não é apenas uma simples feira comercial, mas um evento global que atrai empresas, comunicadores e profissionais de todo o mundo. Precisamente devido a esse poder de atração, o Salone del Mobile é um grande recurso para o sistema italiano, concentrando a excelência inovadora em um único momento e lugar. Produtividade e criatividade dialogam. É aí que as palavras do Manifesto ganham vida: geram oportunidades de negócios para aqueles que acreditam na qualidade e em um futuro alimentado pela internacionalização” afirma Claudio Luti, presidente do Salone del Mobile.

Confira abaixo uma pequena amostra do que aconteceu neste gigantesco evento, ocorrido na última semana em Milão:

Hugues Chevalier

Hugues Chevalier, renomada marca francesa, comemorou seus 40 anos, na feira milanesa, com a coleção Saint-Germain, projetada por Reda Amalou. O premiado designer, cuja obra é inspirada pelo esteticismo do século XX, baseou-se nos códigos estilísticos de Hugues Chevalier e criou uma linha de mobiliário limpa e contemporânea, inspirada nos anos 20 e 30 parisiense. Os tecidos usados para o revestimento são da Lelièvre Paris e evocam a leveza das clássicas tapeçarias

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Scarlet Splendour

Pela primeira vez na Milan Design Week, a marca de luxo Scarlet Splendour apresentou uma coleção excêntrica e opulenta. Fundada pelos irmãos Ashish Bajoria e Suman Kanodia, a grife baseada em Calcutá, trabalha em estreita colaboração com designers aclamados internacionalmente para mostrar ao mundo o design de luxo indiano.

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Bellavista Collection

A marca fabrica peças artesanais de alto padrão, em sua oficina na Itália desde 1984.

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

THG Paris

A  marca de banheiros e cozinhas de luxo THG Paris apresentou o lançamento de sua nova coleção de banheiros: System. Realizada em colaboração com o ilustre designer Arik Levy, mais conhecido por suas esculturas e instalações, cujo trabalho pode ser visto em conceituadas galerias e museus de todo o mundo. Engajado na filosofia de que “o mundo é sobre pessoas, não sobre objetos”, Levy acredita que uma torneira é a peça mais significativa de um banheiro, por sua capacidade de conectar as pessoas com a água.

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Moooi

Marcel Wanders apresentou na Milan Design Week 2018 –  A Life Extraordinary

O designer pesquisou museus ao redor do mundo e encontrou desenhos de animais do passado que foram documentados por exploradores em suas viagens. Muito do que se viveu está perdido e só pode ser revivido em nossas memórias e imaginação. Inspirado por esses desenhos a Moooi criou o “Museu de Animais Extintos”.  A nova coleção de tecidos, couros, revestimentos de parede e tapetes, trouxe esses animais extintos de volta à vida.

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

 

Milan Design Week 2018

Florim

Apresentou suas novas coleções de cerâmicas e pedras. Destaque para o mármore statuário.

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Kartell

Apresentou o Crossing Generation, um projeto de longo prazo que irá contar a filosofia da marca, visando a conquista de um público diversificado.

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

International Furnishing Acessories Exhibition

Em sua 29ª edição, a exposição apresentou uma grande variedade de produtos – acessórios de decoração, objetos, peças decorativas e têxteis em diversos estilos.

Milan Design Week 2018
SCA Mazalli Tapis by Patricia Urquiola
Cappelletti
Milan Design Week 2018
La DoubleJ Housewives tableware collection

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018
by Giuseppe Bavuso

Skinwall

A empresa italiana lançou na Milan Design Week 2018 originais papéis de parede que antecipam tendências em revestimentos de parede.

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Kosmos

Um universo de vidro cintilante com as novas coleções de Ronan, Erwan Bouroullec e Fornasetti.

Milan Design Week 2018

Lee Broom

Sete novos produtos de iluminação foram apresentados na feira pela tradicional empresa Lee Broom. A coleção Observatory foi Inspirado nas estrelas, com proporções de espaço vertical e horizontal, forma escultural esférica, refração e reflexão da luz

 

Milan Design Week 2018

Milan Design Week 2018

Local Design

Espaço com curadoria de Emma Elizabeth que apresentou o melhor do design australiano.

Milan Design Week 2018

Flou Home

Apresentou em seus ambientes novas peças ao lado de icônicos ítens da marca.

 Milan Design Week 2018 - Flou

 Milan Design Week 2018 - Flou

 Milan Design Week 2018 - Flou

 Milan Design Week 2018 - Flou

Fendi

Apresentou propostas de decoração complementadas por acessórios em tons de azul, naturais e pastel.

Milan Design Week 2018 - Fendi

Milan Design Week 2018 - Fendi
Annabelle Armchair

Milan Design Week 2018 - Fendi

 

Fiemme Store

A marca dedicou 300 metros quadrados a superfícies de madeira.

Milan Design Week 2018 - Fiemme Store

Milan Design Week 2018 - Fiemme Store

Milan Design Week 2018 - Fiemme Store

Milan Design Week 2018 - Fiemme Store

Tonin Casa

A nova coleção da Tonin Casa apresentada no Salone del Mobile di Milano expôs elementos contemporâneos e refinados, usando os melhores materiais Made in Italy.

Milan Design Week 2018 - Tonin Casa

Milan Design Week 2018 - Tonin Casa

Milan Design Week 2018 - Tonin Casa

Milan Design Week 2018 - Tonin Casa

Milan Design Week 2018 - Tonin Casa

Milan Design Week 2018 - Tonin Casa

Milan Design Week 2018 - Tonin Casa

Venzon Design by Jaime Hayon
O estúdio de mobiliário baseado em Valência mantém-se fiel à sua visão de criar peças contemporâneas e intemporais.

Venzon Design by Jaime Hayon

Diesel

Milan Design Week 2018 -Diesel living

Vitra Design Museum – Miniatures Collection

Apresentou durante a Milan Design Week 2018 uma expansão da coleção de miniaturas criadas com tecnologia digital. Desde 1992, o museu reproduz clássicos do design, abrangendo todas as particularidades de seus originais.

 

 Milan Design Week 2018
Vita Design Museum – Miniatures Collection – Photo – Nacho Alegre
 Milan Design Week 2018
Charles Ray Eames – Photo: Nacho Alegre
Milan Design Week 2018
Wassily by Marcel Breuer – Photo: Nacho Alegre
Milan Design Week 2018
Wigglesider Chair by Frank Gehry – Photo: Nacho Alegre
Milan Design Week 2018
Heart-Shaped Cone Chair – Photo: Nacho Alegre
Milan Design Week 2018
La Chaise – Charles Ray Eames – Photo: Nacho Alegre
Milan Design Week 2018
Panton Chairs – Verner – Photo: Nacho Alegre

Siga-nos:

pinterest facebook1 instagram2 twitter

 

 

Opera: Passion, Power and Politics

Victoria and Albert Museum

 

Victoria and Albert Museum

 

Victoria and Albert Museum

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics
O Museu Victoria & Albert em colaboração com o Royal Opera House hospedou em sua nova Galeria Sainsbury uma grande e inovadora exposição: Opera: Passion, Power and Politics, que resumiu a fascinante história de quatro séculos de ópera, desde a Itália Renascentista até as  produções vanguardistas dos dias de hoje. Não foi uma exposição convencional. Um túnel do tempo com um sistema de som de última geração conduzia os visitantes à Veneza, Londres, Viena, Milão, Paris, Dresden e Leningrado, hoje São Petersburgo, cidades em que foram estreadas as óperas apresentadas na mostra.

A exposição aconteceu de 30 de setembro a 25 de fevereiro último, em Londres, e ofereceu aos visitantes uma experiência totalmente imersiva. Um verdadeiro show multimídia que apresentou figurinos, partituras, rótulos de parede, slogans, telões, obras de arte históricas, artefatos e obviamente, gloriosas árias. Um sistema de  audioguia detectava automaticamente onde o visitante se encontrava e passava a transmitir explicações, comentários e músicas referentes a esse ambiente. Por exemplo, se você se aproximasse do piano de Mozart, imediatamente, você ouviria um trecho de Le nozze di Figaro. Mágica? Não, alta tecnologia!!!

Algumas pessoas do meu convívio consideram a ópera arcaica, superada e elitista. Afirmam que eu não falo sério quando digo que gosto desse gênero de música. Não sou nenhuma grande conhecedora, mas aprecio. Para mim, a ópera é uma mistura visceral de música, drama, excessos, intensidade e arte. Para o diretor artístico da exibição Opera: Passion, Power and Politics, Robert Carsen: “A ópera é algo vivo. Sempre foi moderna. Durante séculos tem  inspirado a agitação política e as mudanças sociais. A paixão, o poder e a política, mantém a ópera atualizada.”

A exposição iniciava o seu percurso por Veneza, berço da ópera, com L’Incoronazione di Poppea, de Claudio Monteverdi, que estreou no Teatro Santi Giovanni e Paolo por ocasião do carnaval de 1643. O visitante ouve o primeiro dueto emocional de amor.

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Em Londres, enquanto os visitantes observavam uma instalação inspirada em um teatro barroco, ouviam Rinaldo, primeira ópera escrita pelo compositor alemão, naturalizado britânico, Handel.

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

 

A terceira etapa desta viagem é a Viena de Mozart. Apresentou Le Nozze di Figaro, que estreou em maio de 1786 no Burgtheater. Se você é apaixonado por Mozart, seguramente saiu da exposição com a ária  “Non so più cosa son, cosa faccio”, persistindo em seus ouvidos por algumas horas.

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

O grande destaque da exposição foi Milão. Uma maravilhosa instalação apresentava um conjunto com 150 fotografias de interiores de teatros italianos, fotografados por Matthias Schaller, ao som de Va Pensiero, da ópera Nabucco de G. Verdi.

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

 

Enfim, chegava-se à elegante e encantadora Paris. Tannhäuser de Wagner estreou sua versão francesa em 1861, na Ópera de Paris. Nas paredes pinturas de Degas, Gonzalès e Manet, retratando o hábito parisiense de frequentar óperas e concertos.

 

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics
A Box at the Theatre des Italiens, Eva Gonzalès, oil painting, 1874, France. © Musée d’Orsay.

 

Opera: Passion, Power and Politics
Edgar Degas Ballet de las monjas from Giacomo Meyerbeer’s opera, Roberto le diable.

 

Opera: Passion, Power and Politics
Ernst von Schuch van Robert Sterl Impressionisme

 

Opera: Passion, Power and Politics
Music in the Tuileries Garden, oil painting, Edouard Manet, 1861 – 62. National Gallery NG3260. © The National Gallery, London/Scala, Florence

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

No início do século XX, estreava em Dresden, na Alemanha, a ópera Salomé, de Richard Strauss. Baseada na tragédia de Oscar Wilde, a peça escandalizou toda a sociedade de Dresden. Para contextualizar Salomé, os organizadores da mostra destacaram Dresden como um mundo dos “Estudos de Freud sobre a Histeria” e da arte expressionista. Jogos de luzes lançados sobre modelos em poses provocativas em sofás de stripy, telões onde observava-se cenas de  nudismo e a performance recente de uma Salomé sangrando, acariciando eroticamente a cabeça cortada de João Batista.

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics
Nadja Michael (as Salome) in the production “Salome” at the Royal Opera House, in London. (Photo by robbie jack/Corbis via Getty Images)

 

Opera: Passion, Power and Politics
Dmitri Shostakovich

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Em Leningrado, final da exposição, outro filme é exibido em telões. Imagens de um documentário em que Dmitri Shostakovich compunha sua ópera sob o olhar vigilante e patológico de Stalin. A ópera era Lady Macbeth, apresentada pela primeira vez em 1934 e logo em seguida banida por Stalin por não condizer com os costumes vigentes e difundir ideias errôneas de como uma mulher soviética deveria se comportar. Os posters expostos representavam o modernismo soviético.

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

“Dia Internacional da Mulher” , por Mihály Biró. Enfatiza o papel das mulheres no movimento socialista. Uma mulher forte e confiante é mostrada a passos largos e segurando a bandeira vermelha do socialismo.

 

Opera: Passion, Power and Politics

Finalizada a fabulosa exposição Opera: Passion, Power and Politics, tenho certeza que grande parte dos visitantes retornaram com uma vontade muito grande de mergulhar nas profundezas da música clássica.

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Opera: Passion, Power and Politics

 

Siga-nos:
pinterest facebook1 instagram2 twitter

 

 

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018
Imagem: Feng Shao

Em 21 de fevereiro de 2018, os melhores interiores e designers do mundo foram homenageados com o prestigiado Frame Awards, em Amsterdã. O prêmio é concedido anualmente ao crème de la crème do mundo do design de interiores.

Os trabalhos foram julgados por líderes  do setor: marcas de varejo, provedores de hospitalidade, instituições culturais, corporações e educadores. Além disso, mais de 18.000 votos de renomados arquitetos e designers de interiores, criteriosamente selecionados pelos organizadores do evento, foram computados na escolha dos melhores de cada categoria, configurando o People’s Choice.

O prêmio de designer do ano teve como vencedora Li Xiang, que está à frente do escritório X+Living. A designer afirma que sua abordagem é mais arquitetônica e holística do que a da maioria dos seus colegas e que seus projetos de interiores “apresentam uma visão contemporânea com camadas de narrativas que se unem para criar uma performance holística e perfeita”. Meio complicado para entender o que ela quis dizer, mas seus projetos são realmente maravilhosos.

O Frame Awards marca uma nova era para a premiação, uma vez que a empresa se expande além da publicação impressa e cria novos caminhos para a divulgação dos premiados em outras mídias e eventos.
Confira abaixo alguns dos projetos vencedores no Frame Award 2018:

Livraria do ano:
Zhongshuge Bookstore, Chengdu
Projetada por: X+Living

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Loja de marca do ano:
Red Valentino Sloane Street, London. Projetada por: India Mahdavi

Frame Awards 2018
Imagens: Derek Hudson

Frame Awards 2018

Loja do ano:
L’Officine Universelle Buly
Boticário francês, Xixth, Tóquio

Frame Awards 2018
Imagens cedidas por: Ramdane Touhami

Frame Awards 2018

Loja multimarca do ano:
Au Pont Rouge, Saint Petersburg by Cheungvogl Architects

Frame Awards 2018
Imagem: Cheungvogl

Cinema do Ano:
Wushang Mall Cinema, Wuhan
Projetado por: One Plus Partnership

Frame Awards 2018
Jiangnan Photography & Ajax Law
Frame Awards 2018

As bobinas de filme são retratadas como enormes placas redondas com 2,8 metros de diâmetro. Foram cuidadosamente ligadas pelos designers com o objetivo de formar um enorme e poderoso recurso de teto.

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Restaurante do ano:
Sean Connolly – Dubai Opera, Dubai
Projetado por: Alexander & Co

Frame Awards 2018
Imagens: Brooke Holm

 

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

 

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

 

Frame Awards 2018

Hotel do Ano:
Emiliano Hotel, Rio de Janeiro
Projetado por: Studio Arthur Casas

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Health Club do ano:
Ceresio 7, Milan – Projetado por Storage Associati

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Frame Awards 2018

Exposição do Ano:
Exposições comerciais ou culturais temporárias e permanentes para museus, galerias ou empresas.
Emanuel de Witte: Master of Light, Alkmaar
Projetado por: Studio OTW

Frame Awards 2018
Imagens: Mike Bink

Frame Awards 2018

Melhor uso de cor:
Espaços que utilizam cores de maneiras novas e inovadoras.
Messe Dornbirn Exhibition and Event Halls 09-12, Dornbirn
Projetado por: Marte.Marte Architects

Frame Awards 2018
Imagens: © Faruk Pinjo

Frame Awards 2018

Innovation Award:
Zeitz Museu de Arte Contemporânea África, Cidade do Cabo, projetado por Heatherwick Studio.

Frame Awards 2018
Imagens: © Iwan Baan

Frame Awards 2018

Designer do ano:
X+Living
JOOS Fitting Room, Hangzhou, China

Frame Awards 2018
Imagem: JOOS Fitting Room
Frame Awards 2018
Li Xiang – Designer do ano

Frame Awards 2018

 

 

Especial Salone Del Mobile 2017

Salone Del Mobile 2017

Milan Design Week

Salone del Mobile 2017
Euroluce

Salone del Mobile 2017

A 56ª edição do Salone del Mobile em Milão reafirma-se como o evento mais importante no mundo do mobiliário e do design e dita as tendências em arquitetura e decoração para 2017.

O Centro de Exposições de Milão hospedou em seus pavilhões os eventos bienais Euroluce e Workplace 3.0. Visitaram a feira 343,602 pessoas, provenientes de 165 países. Os números confirmam a tendência positiva de aumento de participantes, marcando um acréscimo de 10% em relação à edição de 2015.

“Um momento autônomo em que a cultura e a indústria se tornam uma referência internacional e um modelo exemplar de uma Itália que funciona. Foi uma semana emocionante, cheia de positividade e entusiasmo das empresas, que mostraram o melhor de seus arquitetos e designers”, afirma Claudio Luti, presidente do Salone del Mobile.

Com o término do evento chega-se a conclusão de que o design se distancia da indústria e aproxima-se cada vez mais das mãos de artesãos contemporâneos.

Confira os destaques do Salone Del Mobile 2017:

Nendo
O estudio japonês Nendo, liderado pelo designer Oki Sato, foi um dos grandes destaques da Semana de Desig de Milão 2017. Na exposição intitulada “Invisible Outlines”, Nendo encheu um aquário com 30 vasos de silicone que flutuaram como medusas marinhas.

Nendo

Antonio Citterio para a B&B Outdoor

Inovação tecnológica, pesquisa ergonômica, qualidade e conforto, marcam a coleção 2017.

B&B

Poliform

Marcel Wanders apresentou uma coleção extremamente versátil e adaptável a qualquer contexto.

Mad Joker

Poliform

Poliform

Minotti

O stand da marca expôs a nova coleção assinada pelo designer Rodolfo Dordoni, que manteve as características inconfundíveis do DNA Minotti: contemporaneidade e pinceladas de cor.

Salone Del Mobile 2017

Salone Del Mobile 2017

Salone Del Mobile 2017

TOM DIXON

O designer britânico Tom Dixon lançou várias novas coleções de iluminação, destacando o corte altamente polido, que quando ligados, emitem reflexos caleidoscópicos.

Tom Dixon

Tom Dixon

Tom Dixon

Tom Dixon

Tom Dixon

Moooi

Em um espaço de 1700 m², a Moooi apresentou sua coleção designada “A Life Extraordinary”!
A marca explorou um mobiliário funcional, ideal para  hotéis, bares, restaurantes, lobbies, casas e escritórios.

Salone Del Mobile 2017

Moooi

Moooi

Moooi

Lema

Ampliou sua linha de mobiliário com peças sofisticadas e contemporâneas, mas manteve o foco nos armários, essenciais para tornar os ambientes mais elegantes e organizados.

Lema
Roberto Lazzeroni

Lema

Lema

Lema

Lema

MisuraEmme

Equilíbrio e elegância traduzem os valores do Made in Italy da marca. Manter a organização, sempre é mais fácil, quando podemos contar com a ajuda de um  bom design.

MisuraEmme

MisuraEmme

MisuraEmme

MisuraEmme

MisuraEmme

MisuraEmme

MisuraEmme

Patricia Urquiola para Glas Italia

Mesa em vidro temperado extra light que assume a cor e veias do mármore

 

LIQUEFY table by Patricia Urquiola

Patricia Urquiola

Arik Levy

Apresentou suas últimas peças de design para várias marcas no Salone del Mobile.

Arik Levy

Arik Levy para Desalto

Salone Del Mobile 2017

Sybille de Margerie para Zucchetti

Nude Collection foi  criada para a Zucchetti pela renomada designer de interiores Sybille de Margerie, que diz ter sido inspirada pela arte da vinicultura, mais precisamente, pelas delicadas rolhas dos barris de madeira das adegas de envelhecimento.

 Zucchetti by Sybille de Margerie

Zucchetti by Sybille de Margerie

Zucchetti by Sybille de Margerie

Sybille de Margerie para Pouenat

Pouenat by Sybille de Margerie

Giorgio Collection

Vision, a coleção apresentada pela marca em Milão, evidencia elementos Art Déco combinados com um design de ponta, para quem deseja um estilo de vida diferenciado.

Giorgio Collection

Giorgio Collection

Giorgio Collection

D’Armes Luminaires

A empresa de design de iluminação canadense mostrou em Milão um design com linhas claras, simples e minimalista, que transforma calorosamente os espaços, convidando à interação.

D'Armes Luminaires
Imagem: Jean-Sébastien Senécal

D'Armes Luminaires

D'Armes Luminaires

HUGUES CHEVALIER

Reinventam o mobiliário Art Déco desde a década de 80. Hoje é considerado um dos principais nomes do design mobiliário contemporâneo e representa o autêntico savoir-faire francês.

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

HUGUES CHEVALIER

Thomas Dariel

O designer exibiu dois tapetes da coleção Shangai by Night para a Cappellini 2017 Collection.

Thomas Dariel

Thomas Dariel

Bellavista

Referência para o mercado de interiores de luxo e atemporal.

Bellavista

Bellavista

FLOS

Destaque para as luminárias criadas por Patricia Urquiola e para os pendentes minimalistas do designer londrino Michael Anastassiades.

Serena by Patricia Urquiola - FLOS

Serena by Patricia Urquiola - FLOS

Serena by Patricia Urquiola - FLOS

Michael Anastassiades - FLOS

Michael Anastassiades - FLOS

Casa Fendi

Tradição e Contemporaneidade em Milão

Fendi

Fendi Casa

Fendi Casa

Fendi Casa

 Marco Piva - Brera Art Academy

White Luxury por Marco Piva em Brera Art Academy

Marco Piva desenvolveu o conceito White Luxury dentro da Sala della Passione, da academia de Arte Brera. A cor branca, elemento dominante, em toda a exposição ao longo da cidade de Milão, foi apresentada como uma ideia culta e refinada de opulência. Materiais, acabamentos e texturas em branco, são usados na arquitetura e no design para interpretar as variações do luxo.

Os visitantes da instalação desfrutaram de uma experiência multi sensorial, onde relógios, roupas, acessórios de moda, telefones celulares, tablets, carros e mobiliário na cor branca, são mostrados por meio de projeções visuais e passeios virtuais 3D, num mundo altamente luxuoso.

O monumental afresco da abóbada da Salla della Passione na Academia domina a exposição com suas figuras angélicas, assim como duas enormes telas que estão permanentemente expostas, confirmando que a arte sempre será a verdadeira protagonista em Milão.

Marco Piva - White Luxury

Marco Piva - White Luxury

Marco Piva - White Luxury

 White Luxury - Marco Piva

Marco Piva - White Luxury

Marco Piva - White Luxury

Marco Piva - White Luxury

Marco Piva - White Luxury

Marco Piva - White Luxury

 

Salvar

Salvar

Salvar

O melhor do Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

O resultado da 55ª edição do Salone del Mobile, que aconteceu em Milão de 16 e 17 de abril, foi absolutamente positivo. Compareceram à feira 372.151 participantes, um novo recorde para o mais importante evento de Design do mundo, reafirmando o papel de Milão, como a capital do design.
Dados afirmam que 67% dos participantes eram estrangeiros e com grande poder de compra.
Roberto Snaidero, presidente do Salone del Mobile ressalta: “A importância da exportação como um elemento essencial no setor, é um aspecto apoiado pela excelência em termos de criatividade e produção do Made in Italy.”
Confira quem foi destaque em Milão:

Bonaldo
Bonaldo comemora este ano seu 80º aniversário. Os produtos apresentados na Feira foram desenhados por Mauro Lipparini e inspirados nos interiores japoneses.

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Lema
O moderno design da marca italiana Lema reúne conhecimentos artesanais e avançadas tecnologias,  oferecendo um produto único, adaptável e adaptado, mas com as vantagens de uma moderna produção em massa, sempre mantendo a atenção aos detalhes.

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016
Piero Lissoni

Hugues Chevalier – Mobiliário Art Déco
É hoje, um dos principais nomes do mobiliário de design contemporâneo e representante do legítimo savoir-faire francês.

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Moooi
Destaques para Sacha Walckhoff que apresentou a sua nova linha de tapetes para a Maison Christian Lacroix  e para o designer Umut Yamac que celebra a primavera através da poética luminária “Perch Lights”.

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

 

Salone Del Mobile 2016
Jean Louis Deniot – Galerie Pouenat

THG Paris

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016
Yabu Pushelberg for Linteloo

Knoll
Knoll apresentou paralelamente aos novos projetos, os seus clássicos do design, projetados por Florence Knoll, Mies van der Rohe, Eero Saarinen e Harry Bertoia.

Salone Del Mobile 2016
Bertoia Side Chair
Salone Del Mobile 2016
Platner Gold Collection by Warren Platner

Citizen – “time is Time”
Apresentou no Salone Del Mobile 2016, um espaço espetacular de luzes ofuscantes, onde os visitantes puderam experimentar uma profunda percepção do tempo, incluindo o “Now”.
Nunca foi possível fazer o tempo parar. Embora pessoas e objetos físicos envelheçam e eras desapareçam, o tempo é sempre novo, está sempre em movimento. Ele vem e vai, e é o que conhecemos como “TIME”.

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016

Salone Del Mobile 2016
Henge

Uma nova tendência
A grande novidade do Salone del Mobile 2016 foi o pavilhão xLux.
Cada vez mais, moda e estilistas, invadem o mundo do mobiliário e design de produtos, tendência que vem ganhando velocidade nos últimos anos.

Hermès
Apresentou sua sofisticada coleção para a casa, em um antigo teatro no centro de Milão, no pavilhão projetado pelo arquiteto mexicano Mauricio Rocha.

Salone del Mobile 2016

Salone del Mobile 2016

Roberto Cavalli

Salone del Mobile 2016

Salone del Mobile 2016

Versace

Salone del Mobile 2016

Tom Dixon
O designer britânico Tom Dixon transformou uma igreja do século 18  em um restaurante do século 21. Dixon concebeu quatro cozinhas contemporâneas  e iluminou o espaço com a sua  brilhante iluminação em vidro e metal.

Salone del Mobile 2016

Salone del Mobile 2016

Salone del Mobile 2016