Dior – Haute Couture Surrealista

Dior Surrealista

Maria Grazia Chiuri, diretora artística das coleções femininas na Maison Dior, inspirou-se no movimento surrealista para criar a coleção de Alta-Costura Primavera Verão 2018. O desfile aconteceu na última segunda-feira, no Musée Rodin em Paris.

A estilista romana, feminista de carteirinha, assumiu a direção da grife há cerca de um ano. Já na sua primeira coleção para a Dior, colocou na passarela uma camiseta com os dizeres: “Todos deveríamos ser feministas” e levou para o desfile um tema controverso, que vem crescendo, continuamente.

Na  coleção de Alta-Costura Primavera Verão, Maria Grazia Chiuri homenageou a pintora argentina, Leonor Fini, a mais devassa e dissoluta mulher de seu tempo. Leonor dominava o mundo boêmio da arte parisiense na década de 30 e foi uma das únicas mulheres a fazer parte do movimento surrealista francês, do qual faziam parte, Salvador Dali, Picasso e Henri Cartier-Bresson.

Na passarela, o piso quadriculado em preto e branco, espelhos e toda a atmosfera cênica nos remetem ao Baile de Máscaras de Trumam Capote, uma das mais excepcionais festas privadas do século XX.

Peter Philips, diretor de criação e imagem da Dior, criou para o desfile uma maquiagem gráfica, com tatuagens temporárias nos dedos, braços, orelhas e pescoço. As frases tatuadas nas modelos, foram as do escritor francês, André Breton, precursor do movimento surrealista. Confira abaixo imagens do mais belo desfile da temporada francesa de Alta-Costura Primavera Verão 2018:

“Apenas a teatralidade inevitável da vida me interessa.”
Leonor Fini

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture
Imagens: Imaxtree e Marcus Tondo

 

Get the Look

Siga-nos:
pinterest    facebook1    instagram2   twitter

 

 

Mostra Artefacto 2017 – Haddock Lobo

Artefacto2017- Christina Hamoui para Andrea Bogosian
Christina Hamoui para Andrea Bogosian

Sob o tema “Decor + Fashion” a Mostra Artefacto 2017 estreou no dia 10 de março em São Paulo, no showroom da Haddock Lobo, reunindo grandes nomes da arquitetura brasileira em ambientes, que homenageiam os mais expressivos fashionistas do país.

Patrícia Anastassiadis, consultora da Artefacto, é quem assina boa parte da nova coleção, que passa pelo universo fashion e evoca a excelência da haute-couture. A arquiteta também é a responsável pela belíssima vitrine do showroom da Mostra Artefacto Haddock Lobo 2017.

O evento irá se desdobrar nos próximos meses em outras 12 edições pelos endereços da marca, tanto no Brasil quanto em outros países.
Confira:

Christina Hamoui para Andrea Bogosian

A decoradora assina um loft contemporâneo marcado pela cores cinza, preto e branco, cores características do seu trabalho e como contraponto apresenta a sofisticação dos espelhos e do dourado.

Christina Hamoui para Andrea Bogosian

Christina Hamoui para Andrea Bogosian

Christina Hamoui para Andrea Bogosian

Christina Hamoui para Andrea Bogosian

Christina Hamoui para Andrea Bogosian

Christina Hamoui para Andrea Bogosian

Débora Aguiar para Constanza Pascolato

A arquiteta apresentou ambientes elegantes e setorizados, contendo living, lareira e biblioteca, com disposição assimétrica do mobiliário. Destaque para os painéis de mármore Gris Armani e para as brises verticais pivotantes revestidas em couro. A atmosfera intimista faz com que sua homenageada sinta-se em um pedacinho de sua terra natal: a Itália.

Debora Aguiar para Costanza Pascolato

Debora Aguiar para Costanza Pascolato

Debora Aguiar para Costanza Pascolato

Debora Aguiar para Costanza Pascolato

Denise Barreto para Lino Villaventura

As linhas modernas do sofisticado loft projetado pela arquiteta, valoriza as linhas modernas e a iluminaçao cenográfica, que destaca as obras de arte com charme e atemporalidade. As divisórias e o biombo encarregam-se de conferir maior privacidade aos ambientes.

Denise Barreto para Lino Villaventura

Denise Barreto para Lino Villaventura

Denise Barreto para Lino Villaventura

Denise Barreto para Lino Villaventura

Denise Barreto para Lino Villaventura

Denise Barreto para Lino Villaventura

Fabio Morozini para Patrícia Bonaldi

O loft de 120 metros quadrados se desdobra em quatro ambientes: galeria, suíte, sala de jantar e living. Destaque para o limestone, portas de correr e para as paredes revestidas em linho, veludo e madeira.

Fabio Morozini para Patrícia Bonaldi

Fabio Morozini para Patrícia Bonaldi

Fabio Morozini para Patrícia Bonaldi

Fabio Morozini para Patrícia Bonaldi

Fabio Morozini para Patrícia Bonaldi

Fabio Morozini para Patrícia Bonaldi

Francisco Calio para Raquel Daviddowicz

“Imaginei um lugar que estivesse à altura de uma mulher de atitude forte, à frente de seu tempo, literalmente, empoderada. Então preferi móveis de linhas retas e paleta de cores com mesclas do concreto, do preto e do dourado para exibir o perfil luxuoso e, ao mesmo tempo, despretensioso. Também criei sobreposições e uma iluminação exuberante. A simetria sobressai-se com naturalidade, assim como as luminária de toque retrô e os acessórios que balizam a cena linkando, harmonicamente, os universos da moda e do design de interiores.”, relatou Francisco Cálio.

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Francisco Calio para Raquel Davidowicz

Gilberto Cioni e Olegário para Martha Medeiros

O espaço de 70 metros quadrados foi pensado como ponto de apoio para a estilista Martha Medeiros, que acaba de abrir uma loja em Los Angeles.
A arte ficou por conta da artista plástica Bel Magalhães.

Gilberto Cioni e Olegario para Martha Medeiros

Gilberto Cioni e Olegario para Martha Medeiros

Gilberto Cioni e Olegario para Martha Medeiros

Gilberto Cioni e Olegario para Martha Medeiros

João Armentano para Ricardo Almeida

O estúdio de 115 metros quadrados projetado por João Armentano para homenagear Ricardo Almeida, é moderno, elegante e cool. Os ambientes são separados por meio de divisórias verticais de estruturas leves, possibilitando maior privacidade entre os espaços, sem limitar a conectividade dos mesmos.
A paleta usada no estúdio foi a mesma utilizada por Almeida em sua última coleção.

João Armentano para Ricardo Almeida

João Armentano para Ricardo Almeida

João Armentano para Ricardo Almeida

João Armentano para Ricardo Almeida

João Armentano para Ricardo Almeida

João Armentano para Ricardo Almeida

João Armentano para Ricardo Almeida

João Armentano para Ricardo Almeida

Patrícia Penna para Sandro Barros

A arquiteta apresentou um loft nova-iorquino com 80 metros quadrados. O projeto, embora sendo maximalista, apresenta uma atmosfera intimista e aconchegante. Peças impactantes e luxuosas, como o lustre de cristal Saint Louis em tons de verde e fúcsia, boiseries, arranjos florais, estantes de livros e muitas obras de arte, foi fundamental para equilibrar o mobiliário moderno da Artefacto com o uso de recursos clássicos.

Patrícia Penna para Sandro Barros

Patrícia Penna para Sandro Barros

Patrícia Penna para Sandro Barros

Patrícia Penna para Sandro Barros

Patrícia Penna para Sandro Barros

Patrícia Penna para Sandro Barros

Zize Zink para Alexandre Herchcovitch

Para compor o loft em tributo ao estilista Alexandre Herchcovitch, Zize Zink foi buscar inspiração em Londres. O ambiente foi compartimentado em living, estar, dormitório e cozinha. Ganhou revestimentos delicados na paleta marinho, fendi e cinza, dentro de uma proposta estética vintage, mas ao mesmo tempo contemporânea. “Foi um convite irrecusável interpretar as ligações da moda, do design de interiores e da arquitetura, que acredito serem indissociáveis.” revela Zize.

Zize Zink para Alexandre Herchcovitch

Zize Zink para Alexandre Herchcovitch

Zize Zink para Alexandre Herchcovitch

Zize Zink para Alexandre Herchcovitch

Zize Zink para Alexandre Herchcovitch

Zize Zink para Alexandre Herchcovitch

Marcelo Faisal

No rooftop da Mostra Decor + Fashion 2017, os jardins do paisagista Marcelo Faisal arrematam o ambiente de Gil Cioni & Olegário de Sá.
Com 300 metros quadrados, o projeto “Sky Garden” tem vista para o bairro dos Jardins, em São Paulo. O espaço é preenchidos por espécies de plantas nativas do clima semiárido, como avelós, cactus, babosas, bromélias e jabuticabeiras.
O projeto abriga também o charme e o conforto do móveis Artefacto desenvolvidos para ambientes externos. O tom alaranjado faz a contrapartida exata ao verde das folhagens.

MarceloFaisal - Rooftop

MarceloFaisal - Rooftop

MarceloFaisal - Rooftop

MarceloFaisal - Rooftop

MarceloFaisal - Rooftop

ABERTA AO PÚBLICO A PARTIR DE 11/03
Artefacto: Rua Haddock Lobo, 1.405, Jardins, São Paulo

Imagens: Edison Garcia

 

Salvar

Salvar

Salvar

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

Gérard Faivre Paris, um dos mais famosos designer de interiores do mundo, está revolucionando o mercado imobiliário de luxo parisiense. Seu objetivo é atender às mais altas expectativas de seus  clientes, oferecendo apartamentos totalmente reformulados, com acabamentos de alta qualidade, mobiliário de design, obras de arte, serviço completo de concierge e tecnologia de ponta. Tudo isso pronto para morar.

Faivre afirma ser inspirado diariamente, pela Cidade da Luz, Paris, considerada uma das mais belas do mundo, por sua arquitetura, cultura e bairros de incomparável beleza.

Para a renovação deste luxuoso apartamento com mais de 200 m², localizado na margem direita do Sena, próximo às Avenidas Montaigne e Champs Elysée, mais precisamente na Rue Lincoln, Gérard Faivre inspirou-se na Alta Costura parisiense.

Em estilo Hausmann, o espaçoso imóvel, mesmo com tetos altos, piso em parquet, lareira em mármore, boiserie e grandes espelhos, estava um pouco ultrapassado. Faivre atualizou a planta, criou um novo layout e adicionou à decoração vários elementos de luxo, como as molduras com detalhes em prata, que acentuaram a elegância do apartamento.

O interessante hall de entrada abre-se para vários lounges e também  para as duas suítes que foram dispostas ao redor do Living, simulando uma grande casa de moda.

As cores utilizadas no apartamento em Paris, são as preferidas dos grandes costureiros, (preto, branco, cinza e bege) que adicionou sobriedade, luxo e contemporaneidade aos espaços.

Quem gosta de uma decoração barroca irá se apaixonar pelo teto oval e pela boiserie em estilo rococó. Gérard Faivre quis preservar a história do imóvel e decidiu mantê-las.
Confira:

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Um grande espelho esconde a TV.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
“Archibald” poltrona de Jean Marie Massaud para Poltrona Frau.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
O pintor Dupuis Gilles reproduziu as veias do mármore da mesa de centro nas paredes.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
“Zwibel III”, de Mona Andeleanu, óleo sobre tela da Oneiro Gallery – Paris.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Sofa R&D para Poltrona Frau. Gérard Faivre usou para o revestimento o tecido “Cherie”, que lembra os usados por Coco Chanel.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Mesa espelhada.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Mesa de centro por Jaime Hayon.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Deslumbrante parquet original em madeira.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
“Falter II” de Mona Andeleanu, óleo sobre tela, da Oneiro Gallery – Paris.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
“I only have eyes for you” – black coffee table by Damien Langlois

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Poltrona contemporânea by Nika Zupanc.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Sofa by Nika Zupan.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
“Well Matched Couple” – Escultura em bronze por Chen Ting-Hung da Galeria Chuan – Taiwan.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Fotografia by Arthur Elgort.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Fotografia “Blanche” e “Adèle” da série Whispers de Emmanuelle Bousquet.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
O mesmo Hall de Entrada, abrindo-se para as suítes do apartamento.
 Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Papel de Parede da “Elitis”, aplicado atrás da cabeceira, reproduz o couro usado no closet.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Papel de Parede “Burlesque” de Christian Benini para “Wall and Deco”. O papel foi escolhido por lembrar a renda usada frequentemente por Balenciaga.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

 Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

 Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Papel de parede “Pied de Poule” aplicado atrás da cabeceira e no banheiro. Um clássico da alfaiataria, usado por Chanel e Dior.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
“East Beauty II”, 2009 – fotografia de Serge Guerand, acrescenta graciosidade ao banheiro.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre
Área Externa.

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

Apartmento em Paris by Gérard Faivre

 

 

portrait-gerard-lincoln10
Gérard Faivre

 

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Christian Dior apresenta em Paris sua Coleção Primavera 2016

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

O produtor fashion Alex de Betak  cobriu a “Cour Carrée du Louvre” com 400.000 “blue delphiniums”,  para a apresentação do desfile primavera 2016 da Dior na Paris Fashion Week.
Raf Simons  ama flores em suas apresentações, basta lembrar que em 2014, usou 150.000 orquídeas  como pano de fundo para a sua coleção Haute Couture.
O show de hoje também estava belíssimo;  muita organza, algodão, vestidos de seda pura, paleta suave e minis em profusão.
“Para simplificar: a linha que nos expressamos, transmite uma idéia de feminilidade, fragilidade e sensibilidade, sem sacrificar a força e impacto”, declarou Raf Simons.
Destaque para as gargantilhas, muitas usadas sobre um lenço amarrado no pescoço. Algumas tinham um pingente com o número 1947, ano em que Christian Dior lançou sua coleção haute couture de estreia em Paris, mais precisamente em 12 de Fevereiro de 1947, sinalizando o fim do austero estilo masculino e um retorno à delicadeza e à feminilidade.
Confira:

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

Christian Dior, Spring 2016 - Tempo da Delicadeza

 

Imagens: Vogue

 

Dior apresenta coleção de alta costura, outono inverno 2016

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Raf Simons, diretor artístico da Christian Dior, apresentou no início desta semana em Paris, sua coleção de Alta Costura Outono-Inverno 2015-2016, entitulada “Le Jardin des délices”.
Segundo Raf Simons a inspiração original da coleção veio dos mestres flamengos e de suas abordagens à pintura.
O Show, como já está virando tradição, aconteceu no Museu Rodin.
Os vestidos eram diafános, etéreos e delicados.
Para Raf Simons, Dior é sempre um conto de fadas!
Confira:

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture Autumn-Winter 2015-2016

Dior Haute Couture Autumn-Winter 2015-2016

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Makeup
Peter Philips, diretor criativo e de imagem Dior, apresentou uma mulher etérea mas contemporânea, através de uma maquiagem natural e minimalista.

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Dior Haute Couture | Tempo da Delicadeza

Imagens:
Dior
Style