SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

 

De 12 a 15 de abril acontece em São Paulo a 14ª edição da SP-Arte, que traz à capital paulista, o melhor da arte moderna e contemporânea. O festival está aberto ao público, no pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera. São mais de 140 expositores, expoentes do mercado nacional e internacional. Das 34 galerias internacionais que participam do evento, 13 são novatas e apresentam alguns de seus artistas mais notáveis. O evento agrega uma série de mostras paralelas e complementares, com visitas guiadas que saem a cada meia hora do balcão na entrada do Pavilhão. Entre os trabalhos expostos, o público poderá conferir os projetos “Solo e Repertório”, com a curadoria de Luiza Teixeira de Freitas. Os espaços foram concebidos com o objetivo de evidenciar a produção de importantes nomes do cenário contemporâneo. Programa imperdível para quem estiver em São Paulo, no final de semana.
Tempo da Delicadeza fez suas escolhas, e indica o que considera essencial para ser visto na SP-Arte 2018. Confira:

 

SP-Arte 2018
Anish Kapoor – Shadow III 7 – Técnica: Gravura em metal – © ArtEEdições Galeria

 

SP-Arte 2018
Marina Weffort –  da série “Tecidos”  © Pat Kilgore / Cavalo

 

SP-Arte 2018
Marina Weffort – da série “Tecidos” © Pat Kilgore / Cavalo

 

SP-Arte 2018
João José Costa – Galeria Berenice Arvani – Técnica: Guache sobre cartão – © Galeria Berenice Arvani

 

SP-Arte 2018
João José Costa – Galeria Berenice Arvani – Técnica: Guache sobre cartão – © Galeria Berenice Arvani

 

Steve McCurry – Galeria de Babel – Título: Tempestade de Areia (Rajasthan, India) Data do trabalho: 1983. Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 99% proteção Dimensões: 55,3 x 36,7 x 7 cm :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel

 

Steve McCurry – Vendedor de Flores em Dal Lake (Jammu e Kashmir. Srinagar, India) Steve McCurry – :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel – Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 70% proteção.

 

Steve McCurry – Título: Menina Afegã com Xale Verde. Data do trabalho: 2002. Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 70% proteção – :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel

 

SP-Arte 2018
Ted Larsen – Privateview Ted Larsen – Técnica: Ferro, compensado marítimo, :copyright: Privateview

 

SP-Arte 2018
Martin Derner – Kubikgallery, :copyright: Constança Babo / Kubikgallery

 

Pixinguinha
Walter Firmo – Galeria Mario Cohen – Título: Pixinguinha I. Data do trabalho: 1964 Técnica: Impressão digital em papel de algodão, :copyright: Galeria Mario Cohen.

 

SP-Arte 2018
Andrei Thomaz – Adelina Galeria  – Título: Céus -Técnica: Fotografia :copyright: Andrei Thomaz / Adelina Galeria

 

SP-Arte 2018
Marília Bianchini – Galeria de Arte Mamute – Título: Revoada Data do trabalho: 2017 Técnica: Fotografia com impressão sobre papel artesanal – © Galeria de Arte Mamute

 

Volpi
Alfredo Volpi – Dan Galeria Alfredo Volpi Título: Velas e mastros Data do trabalho: 1970 Técnica: Têmpera sobre tela Dimensões: 137 x 68 cm :copyright: Dan Galeria

 

SP-Arte 2018
Luzia Simons – Bolsa de Arte de Porto Alegre Luzia Simons. Título: Stockage 128 – Técnica: Scanograma, impressão light jet, metacrilato – © Bolsa de Arte de Porto Alegre

 

SP-Arte 2018
Adriano de Aquino – OÁ Galeria – Técnica: Poliuretano uretano sobre alumínio – © Bruno Coelho / OÁ Galeria

 

SP-Arte 2018
Luiz Sacilotto – Dan Galeria – Título: C 9991- Técnica: Tinta acrílica sobre tela – © Dan Galeria

 

SP-Arte 2018
Vik Muniz – Galeria Nara Roesler – The Abaporu, after Tarsila – Técnica: Impressão de pigmento sobre papel de algodão – © Vik Muniz / Galeria Nara Roesler

 

SP-Arte 2018
Josef Albers – :copyright: The Josef and Anni Albers Foundation / Artists Rights Society (ARS), New York. Courtesy David Zwirner, New York/London/Hong Kong

 

SP-Arte 2018
Fernanda Fragateiro – Técnica: Carderno acrílico ,© António Jorge Silva. Courtesy of the artist and the Galería Elba Benítez.

 

 Núcleo editorial:

 

SP-Arte 2018
Betina Samaia – Editora Madalena – Título: Noite afora noite adentro – Data do trabalho: 2017 Fotolivro :copyright: Editora Madalena

 

SP-Arte 2018
Adriana Varejão, Lilia Moritz Schwarcz – Título: Pérola Imperfeita: A história e as histórias na obra de Adriana Varejão :copyright: Cobogó

 

SP-Arte 2018
Marcelo Brodsky – Editora Madalena -Título: 1968: The fire of ideas – Data do trabalho: 2017 Fotolivro © Editora Madalena

 

SP-Arte 2018
Sebastião Salgado – Taschen – Título: Gênesis. Data do trabalho: 2013 Fotolivro © Taschen

 

SP-Arte 2018
Yoko Ono e John Lennon – Desapê Yoko Ono e John Lennon Título: This is not here Data: 1971 Publicação de artista Dimensões: 55.5 x 43 cm © Rose Steinmetz / Desapê

 

Design:

Os mais destacados expositores do mobiliário brasileiro dividem espaço com respeitados antiquários e designers independentes. “O mobiliário moderno brasileiro é referência no mundo inteiro. Hoje, nossos designers contemporâneos também vêm criando uma produção cheia de personalidade que é reconhecida internacionalmente. Queremos então, reunir todo esse potencial do design brasileiro ao Festival: seja ele antigo, moderno ou contemporâneo, produzido em maior ou menor escala e das mais diversas vertentes”, afirma Fernanda Feitosa, diretora da SP-Arte. Os estandes do setor apresentam luminárias, peças de tapeçaria, além de mobiliário moderno e contemporâneo. Tudo disposto em um ambiente que convida o público a ter um contato próximo com as peças e interagir com os criadores.

 

SP-Arte 2018
Paulo Alves – Estúdio Paulo Alves – Peça: Chaise Sereia Data do trabalho: 2005 – Materiais: Compensado multilaminado de sumaúma – Dimensões: 75 cm x 1,77 m x 54 cm © Estúdio Paulo Alves

 

SP-Arte 2018
Paulo Alves – Estúdio Paulo Alves – Poltrona Bombom – Data do trabalho: 2017 Materiais: Madeira e tecido Dimensões: 60 x 60 x 60 cm :copyright: Estúdio Paulo Alves

 

SP-Arte 2018
Hugo França – Hugo França – Peça: Cadeira Leza. Data do trabalho: 2017 – Materiais: Madeira Pequi Dimensões: 64 x 49 x 46 cm :copyright: André Godoy / Hugo França

 

SP-Arte 2018
Ana Neute por Itens – Peça: Shanghai Data do trabalho: 2016 – Luminária em cobre escovado e branco microtextura. Dimensões: 60 x 40 x 40 cm :copyright: Nicolas Camargo / Ana Neute por Itens

 

SP-Arte 2018
Ana Neute por Itens – Jabuticaba. Data do trabalho: 2016. Materiais: Luminária em latão escovado e globos em vidro Dimensões: 25 x 170 x 25 cm :copyright: Nicolas Camargo / Ana Neute por Itens

 

SP-Arte 2018
Jacqueline Terpins – Peças: Vaso Glacial I + Vaso Glacial II Data do trabalho: 2018 Materiais: Cristal Soprado Free Form Dimensões: 45 x 30 x 17,5 (maior) e 19 x 9 x 8 (menor) © Andrés Otero / Jacqueline Terpins

 

SP-Arte 2018
Jacqueline Terpins – Peça: Vaso Corte Data do trabalho: 2018 Materiais: Cristal Soprado Free Form. Dimensões: 42 x 17 x 15 cm :copyright: Andrés Otero / Jacqueline Terpins

 

Sp-Arte/2018
12 a 15 de abril
13h às 21h
Pavilhão da Bienal, Parque Ibirapuera, Portão 3
São Paulo – Brasil

Siga-nos:

pinterest facebook1 instagram2 twitter

 
Entrada: R$ 45,00 (geral), R$ 20,00 (meia proporcional) – estudantes, portadores de deficiência e idosos com mais de 60 anos – necessário a apresentação de documentos.
O Vale-Cultural poderá ser utilizado para o abatimento de 50% do valor do ingresso. Crianças de até 10 anos não pagam.

 

Confira alguns ambientes da Casa Cor RS

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

Encerra-se hoje a 23ª edição da Mostra Casa Cor RS, realizada em Porto Alegre.
Soluções exclusivas foram projetadas por importantes nomes da arquitetura e decoração do Rio Grande do Sul e inspiraram inúmeros visitantes.
A Mostra está localizada em uma área total de 3.600 m², e é composta por 45 ambientes assinados por 60 renomados profissionais.
Os projetos, que contemplam áreas de convívio nos mais diversos estilos, reforçam o conceito de morar bem e traduzem o que há de mais moderno, prático e aconchegante em moradias.
Confira abaixo alguns ambientes da mostra:

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

Peças assinadas por designers brasileiros são destaque no mobiliário do ambiente Estar Casiere, da engenheira civil e decoradora Rosane Dulinksi.

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza
Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza
Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza
Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

O Espaço Setenta, da dupla Ana Hnszel e Marcelo Polido, tem inspiração nos anos 70s. A decoração sóbria é marcada por espelhos e madeira nos acabamentos.

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

O loft 50 projeto do arquiteto Luiz Sentinger. com área total de 130m2, tem sua área social revestida por painéis de alto brilho com suave relevo de veios e nós, que reproduzem com perfeição a naturalidade da madeira. As texturas dos tecidos como o linho e o jeans, e ainda o couro, garantem o charme necessário ao projeto comemorativo de 50 anos do arquiteto.

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza
Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza
Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza
Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

Os lavabos do restaurante da mostra Casa Cor RS foram concebidos pela arquiteta Karen Fanti dentro do estilo contemporâneo.
Inspirados no filme Mr. & Mrs. Smith, ganham personalidade e elegância com os tons de preto, branco e mate utilizados no papel de parede, mobiliário e louças.
Portas adesivadas com a sombra dos personagens determinam os espaços masculino e feminino.

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

Casa Cor RS 2014 - Tempo da Delicadeza

O projeto do designer de interiores Johnny Thomsen é um mix de contemporâneo e art deco, que aparecem nas estampas das cortinas, almofadas, tapete e no design de alguns móveis.