SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

 

De 12 a 15 de abril acontece em São Paulo a 14ª edição da SP-Arte, que traz à capital paulista, o melhor da arte moderna e contemporânea. O festival está aberto ao público, no pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera. São mais de 140 expositores, expoentes do mercado nacional e internacional. Das 34 galerias internacionais que participam do evento, 13 são novatas e apresentam alguns de seus artistas mais notáveis. O evento agrega uma série de mostras paralelas e complementares, com visitas guiadas que saem a cada meia hora do balcão na entrada do Pavilhão. Entre os trabalhos expostos, o público poderá conferir os projetos “Solo e Repertório”, com a curadoria de Luiza Teixeira de Freitas. Os espaços foram concebidos com o objetivo de evidenciar a produção de importantes nomes do cenário contemporâneo. Programa imperdível para quem estiver em São Paulo, no final de semana.
Tempo da Delicadeza fez suas escolhas, e indica o que considera essencial para ser visto na SP-Arte 2018. Confira:

 

SP-Arte 2018
Anish Kapoor – Shadow III 7 – Técnica: Gravura em metal – © ArtEEdições Galeria

 

SP-Arte 2018
Marina Weffort –  da série “Tecidos”  © Pat Kilgore / Cavalo

 

SP-Arte 2018
Marina Weffort – da série “Tecidos” © Pat Kilgore / Cavalo

 

SP-Arte 2018
João José Costa – Galeria Berenice Arvani – Técnica: Guache sobre cartão – © Galeria Berenice Arvani

 

SP-Arte 2018
João José Costa – Galeria Berenice Arvani – Técnica: Guache sobre cartão – © Galeria Berenice Arvani

 

Steve McCurry – Galeria de Babel – Título: Tempestade de Areia (Rajasthan, India) Data do trabalho: 1983. Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 99% proteção Dimensões: 55,3 x 36,7 x 7 cm :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel

 

Steve McCurry – Vendedor de Flores em Dal Lake (Jammu e Kashmir. Srinagar, India) Steve McCurry – :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel – Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 70% proteção.

 

Steve McCurry – Título: Menina Afegã com Xale Verde. Data do trabalho: 2002. Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 70% proteção – :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel

 

SP-Arte 2018
Ted Larsen – Privateview Ted Larsen – Técnica: Ferro, compensado marítimo, :copyright: Privateview

 

SP-Arte 2018
Martin Derner – Kubikgallery, :copyright: Constança Babo / Kubikgallery

 

Pixinguinha
Walter Firmo – Galeria Mario Cohen – Título: Pixinguinha I. Data do trabalho: 1964 Técnica: Impressão digital em papel de algodão, :copyright: Galeria Mario Cohen.

 

SP-Arte 2018
Andrei Thomaz – Adelina Galeria  – Título: Céus -Técnica: Fotografia :copyright: Andrei Thomaz / Adelina Galeria

 

SP-Arte 2018
Marília Bianchini – Galeria de Arte Mamute – Título: Revoada Data do trabalho: 2017 Técnica: Fotografia com impressão sobre papel artesanal – © Galeria de Arte Mamute

 

Volpi
Alfredo Volpi – Dan Galeria Alfredo Volpi Título: Velas e mastros Data do trabalho: 1970 Técnica: Têmpera sobre tela Dimensões: 137 x 68 cm :copyright: Dan Galeria

 

SP-Arte 2018
Luzia Simons – Bolsa de Arte de Porto Alegre Luzia Simons. Título: Stockage 128 – Técnica: Scanograma, impressão light jet, metacrilato – © Bolsa de Arte de Porto Alegre

 

SP-Arte 2018
Adriano de Aquino – OÁ Galeria – Técnica: Poliuretano uretano sobre alumínio – © Bruno Coelho / OÁ Galeria

 

SP-Arte 2018
Luiz Sacilotto – Dan Galeria – Título: C 9991- Técnica: Tinta acrílica sobre tela – © Dan Galeria

 

SP-Arte 2018
Vik Muniz – Galeria Nara Roesler – The Abaporu, after Tarsila – Técnica: Impressão de pigmento sobre papel de algodão – © Vik Muniz / Galeria Nara Roesler

 

SP-Arte 2018
Josef Albers – :copyright: The Josef and Anni Albers Foundation / Artists Rights Society (ARS), New York. Courtesy David Zwirner, New York/London/Hong Kong

 

SP-Arte 2018
Fernanda Fragateiro – Técnica: Carderno acrílico ,© António Jorge Silva. Courtesy of the artist and the Galería Elba Benítez.

 

 Núcleo editorial:

 

SP-Arte 2018
Betina Samaia – Editora Madalena – Título: Noite afora noite adentro – Data do trabalho: 2017 Fotolivro :copyright: Editora Madalena

 

SP-Arte 2018
Adriana Varejão, Lilia Moritz Schwarcz – Título: Pérola Imperfeita: A história e as histórias na obra de Adriana Varejão :copyright: Cobogó

 

SP-Arte 2018
Marcelo Brodsky – Editora Madalena -Título: 1968: The fire of ideas – Data do trabalho: 2017 Fotolivro © Editora Madalena

 

SP-Arte 2018
Sebastião Salgado – Taschen – Título: Gênesis. Data do trabalho: 2013 Fotolivro © Taschen

 

SP-Arte 2018
Yoko Ono e John Lennon – Desapê Yoko Ono e John Lennon Título: This is not here Data: 1971 Publicação de artista Dimensões: 55.5 x 43 cm © Rose Steinmetz / Desapê

 

Design:

Os mais destacados expositores do mobiliário brasileiro dividem espaço com respeitados antiquários e designers independentes. “O mobiliário moderno brasileiro é referência no mundo inteiro. Hoje, nossos designers contemporâneos também vêm criando uma produção cheia de personalidade que é reconhecida internacionalmente. Queremos então, reunir todo esse potencial do design brasileiro ao Festival: seja ele antigo, moderno ou contemporâneo, produzido em maior ou menor escala e das mais diversas vertentes”, afirma Fernanda Feitosa, diretora da SP-Arte. Os estandes do setor apresentam luminárias, peças de tapeçaria, além de mobiliário moderno e contemporâneo. Tudo disposto em um ambiente que convida o público a ter um contato próximo com as peças e interagir com os criadores.

 

SP-Arte 2018
Paulo Alves – Estúdio Paulo Alves – Peça: Chaise Sereia Data do trabalho: 2005 – Materiais: Compensado multilaminado de sumaúma – Dimensões: 75 cm x 1,77 m x 54 cm © Estúdio Paulo Alves

 

SP-Arte 2018
Paulo Alves – Estúdio Paulo Alves – Poltrona Bombom – Data do trabalho: 2017 Materiais: Madeira e tecido Dimensões: 60 x 60 x 60 cm :copyright: Estúdio Paulo Alves

 

SP-Arte 2018
Hugo França – Hugo França – Peça: Cadeira Leza. Data do trabalho: 2017 – Materiais: Madeira Pequi Dimensões: 64 x 49 x 46 cm :copyright: André Godoy / Hugo França

 

SP-Arte 2018
Ana Neute por Itens – Peça: Shanghai Data do trabalho: 2016 – Luminária em cobre escovado e branco microtextura. Dimensões: 60 x 40 x 40 cm :copyright: Nicolas Camargo / Ana Neute por Itens

 

SP-Arte 2018
Ana Neute por Itens – Jabuticaba. Data do trabalho: 2016. Materiais: Luminária em latão escovado e globos em vidro Dimensões: 25 x 170 x 25 cm :copyright: Nicolas Camargo / Ana Neute por Itens

 

SP-Arte 2018
Jacqueline Terpins – Peças: Vaso Glacial I + Vaso Glacial II Data do trabalho: 2018 Materiais: Cristal Soprado Free Form Dimensões: 45 x 30 x 17,5 (maior) e 19 x 9 x 8 (menor) © Andrés Otero / Jacqueline Terpins

 

SP-Arte 2018
Jacqueline Terpins – Peça: Vaso Corte Data do trabalho: 2018 Materiais: Cristal Soprado Free Form. Dimensões: 42 x 17 x 15 cm :copyright: Andrés Otero / Jacqueline Terpins

 

Sp-Arte/2018
12 a 15 de abril
13h às 21h
Pavilhão da Bienal, Parque Ibirapuera, Portão 3
São Paulo – Brasil

Siga-nos:

pinterest facebook1 instagram2 twitter

 
Entrada: R$ 45,00 (geral), R$ 20,00 (meia proporcional) – estudantes, portadores de deficiência e idosos com mais de 60 anos – necessário a apresentação de documentos.
O Vale-Cultural poderá ser utilizado para o abatimento de 50% do valor do ingresso. Crianças de até 10 anos não pagam.

 

13ª SP – Arte

13ª SP-Arte
Victor Brecheret – Ricardo Camargo Galeria – Maquete do Monumento às Bandeiras

 

13ª SP-Arte
Ruy Teixeira – Fotografia Teatro Popular de Niterói

 

Acontece em São Paulo de 06 a 09 de abril, a 13ª SP-Arte, um dos mais importantes eventos do mercado global de artes. Consagradas galerias trazem para a cidade mais de 2000 artistas do Brasil e do mundo. O evento se consolida como um aglutinador de tendências no cenário contemporâneo e fortalece o mercado criativo do país.

O festival espalha-se por toda a capital paulista e envolve museus, galerias e instituições, movimentando São Paulo, além do espaço de exposições da Bienal. Performances, palestras e lançamentos editoriais promovem o intercâmbio entre o público e profissionais da arte contemporânea.

Pelo segundo ano a mostra apresenta um espaço reservado ao design. A segunda edição do setor cresceu e abriga 25 galerias que voltam-se, sobretudo, ao design autoral brasileiro.
Confira alguns destaques da 13ª SP-Arte:

 

13ª SP-Arte
Ryoji Ikeda

 

13ª SP-Arte
Paulo Pasta – Carbono Galeria

 

13ª SP-Arte
Dan Flavin – David Zwirner

 

13ª SP-Arte
Fernanda Fragateiro – Galería Elba Benítez

 

13ª SP-Arte
Josef Albers – David Zwirner

 

13ª SP-Arte
Julien Porisse – Galeria Rabieh

 

13ª SP-Arte
Anish Kappor – Arteedições

 

13ª SP-Arte
Alfredo Volpi – Hilda Araújo Escritório de Arte

 

13ª SP-Arte
Helì Gomez – Belas Artes

 

13ª SP-Arte
Rafaela Delbon – High Low Chair – Belas Artes

 

13ª SP-Arte
Rodrigo Simão – Cadeira de balanço feijão

 

13ª SP-Arte
Joaquim Tenreiro – Passado Composto Século XX

 

13ª SP-Arte
Sergio Rodrigues

 

13ª SP-Arte
Luciana Martins e Gerson de Oliveira – Poltrona PARALELAS – Ovo

 

13ª SP-Arte
Joaquim Tenreiro – Poltrona em veludo e jacarandá

 

13ª SP-Arte
Jacques Douchez – Tapeçaria em lã

 

13ª SP-Arte
Joaquim Tenreiro

 

13ª SP-Arte
Carlos Borsa

 

13ª SP-Arte
Janaina Tschäpe

 

13ª SP-Arte
Carolina Martinez – Portas Vilaseca

 

13ª SP-Arte
Tomoko Kashiki – Ota Fine Arts

 

13ª SP-Arte
Mariko Mori – Scai the bathhouse

 

13ª SP-Arte
Mariko Mori

 

13ª SP-Arte
Alvaro Seixas

 

13ª SP-Arte
Damian Ortega – White Cube

 

13ª SP-Arte
Antonio Bokel – Mercedes Viegas

 

13ª SP-Arte
Tomie Ohtake – Galeria Nara Roesler

 

13ª SP-Arte
Falves Silva

 

13ª SP-Arte
Lothar Baumgarten – Marian Goodman Gallery e Galleria Franco Noero

 

13ª SP-Arte
Jacqueline Terpins – Vaso Samba

 

13ª SP-Arte
Jacqueline Terpins

 

13ª SP-Arte
Fernando e Humberto Campana – Firma Casa

 

13ª SP-Arte
Fernando e Humberto Campana – Firma Casa

 

13ª SP-Arte
Tarsila do Amaral – by Kamy

 

13ª SP-Arte
Tarsila do Amaral – by Kamy

 

13ª SP-Arte
Lucas Lenci – Fotospot

 

13ª SP-Arte
Frank Ammerlaan

Imagens: ©Cortesia SP-Arte

 

SP-Arte/2017 na Bienal
5 a 9 de abril
Horários
Quarta a sábado, 6 a 8 de abril: 13h-21h
Domingo, 9 de abril: 11h-19h

Pavilhão da Bienal
Parque Ibirapuera, portão 3
Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n
São Paulo, Brasil
Estacionamento no parque com Zona Azul

Galerias de São Paulo

 

Siga-nos:

pinterest facebook1 instagram2 twitter

 

Marcio Kogan assina Penthouse em São Paulo

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan – (Studio MK27) assina o projeto desta penthouse localizada na caótica cidade de  São Paulo.
O projeto arquitetônico procurou atender às exigências dos proprietários, que desejavam uma mínima divisão do espaço, o que proporcionou fluidez e amplitude ao imóvel.
O apartamento está organizado em três andares. No primeiro andar, estão os quartos, no segundo piso, a cozinha, escritório, sala de jantar e living e no último andar, a biblioteca com diferentes ambientes de leitura, um spa com piscina, jardim de inverno e uma academia de ginástica.
Todos os espaços no piso superior apresentam pé direito duplo.
Os ambientes são acolhedores e solenes, onde o mobiliário fixo do living, encontra-se em harmonia com os objetos de design clássico, como os sofás e cadeiras. Entre as peças selecionadas estão as de design brasileiro, escandinavo e italiano, assinadas por Hugo França, Hans Wegner, Franco Albini, Gio Ponti entre outros.
Os pisos em mármore travertino nas áreas coletivas e madeira nos quartos, harmonizam-se com as cores e materiais dos tecidos, por exemplo, as cortinas confeccionadas em gaze de linho.
Os espaços são organizados por grandes tapetes – também em cores neutras que funcionam como marcadores de espaço. O projeto luminotécnico privilegiou luzes indiretas, como sancas e abajours.
O projeto é finalista na prestigiosa premiação internacional INSIDE.WAF-2016

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

 Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

Marcio Kogan - Studio MK27

O Studio MK27 foi fundado no início dos anos 80, pelo arquiteto Marcio Kogan. A equipe de arquitetos, que compõe o escritório, são grandes admiradores da geração modernista brasileira e procuram cumprir a difícil tarefa de repensar e dar continuidade a esse icônico movimento de arquitetura. Os projetos do Studio MK27 são valorizados por sua simplicidade formal e pela especial atenção dada aos detalhes e acabamentos.
Kogan é um membro honorário do AIA (Instituto Americano de Arquitetos), professor da Escola da Cidade, professor convidado no Politecnico di Milano, considerado pela Revista Época uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil, e pela “A Wallpaper * 150 Famous for 15 Years “. Desde 2001, o Stúdio MK27 ganhou mais de 200 prêmios nacionais e internacionais, tais como: IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil), São Paulo Bienal de Arquitetura, WAF, Architectural Review, Dedalo Minosse, Record House, LEAF, D & AD, Spark, Barbara Cappochin, Iconic, AZ, Bienal Iberoamericano, Buenos Aires Biennial of Architecture e Wallpaper Design Award.

Marcio Kogan
Marcio Kogan

 

Imagens: Jonas Bjerre-Poulsen

 

 

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro é o primeiro Hotel Design brasileiro desenvolvido pelo renomado escritório londrino “Yoo Design Studio“, pertencente a Philippe Starck e John  Hitchcox.
O hotel está localizado na praia de Botafogo, atualmente um dos endereços mais efervescentes do Rio e chamado pelos cariocas de “Botasoho”,  por ser um reduto gastronômico, cultural e alternativo. Com vista para os mais belos cartões postais do Rio: Baía da Guanabara, Pão de Açúcar e Corcovado, teve o projeto de arquitetura tropicalizado pela designer de interiores Melina Romano, especializada em design de mobiliário e interiores pela “Accademia Italiana de Firenze”.
Seu escritório foi responsável por toda a área comum do hotel: lobby, restaurante, bar, terraço, piscina, corredores e suítes, incluindo a presidencial. “Minha preocupação, desde o início, era trazer para os ambientes contemporaneidade e sofisticação, além de um toque de brasilidade.”, afirma a designer, que realizou uma interessante curadoria, privilegiou o mobiliário de design nacional, por meio de peças de jovens e consagrados talentos como Ana Nuete, Leo Romano, Marcus Ferreira, Rodrigo Ferreira e Marcelo Rosenbaum.
Para a suíte presidencial a designer escolheu cabeceira de tacos e acrescentou detalhes retrô como vitrola, telefone e letreiro luminoso, uma maneira de resgatar a atmosfera áurea, festiva e boêmia da década de 50 carioca.
Destaque para a estante de madeira verde e amarela localizada no lobby e para a aplicação de ladrilhos hidráulicos que foram criados especialmente para o hotel.
Confira:

Yoo2 Rio de Janeiro

 Yoo2 Rio de Janeiro
Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

 Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Yoo2 Rio de Janeiro

Imagens: Denílson Machado

 

 

Brazil S/A arrasa em Milão

Brazil S/A | Milan Design Week

Brazil S/A  é o maior espaço brasileiro de design em Milão,  durante os dias 13 de abril a 24 de maio 15,  período compreendido entre os eventos Fuorisalone e Expo Milano 2015.
O espaço é coordenado pelo arquiteto José Roberto Moreira do Valle e têm como objetivos:  promover o relacionamento entre empresas e profissionais dos setores de design, arquitetura, decoração e artesanato, ampliar a visibilidade do design nacional e gerar negócios direcionados à exportação do segmento.
Este ano o espaço está localizado em uma área de 1.200 metros quadrados, na tradicional UNIVERSITÀ DEGLI STUDI DI MILANO.
Outro destaques de 2015 é o tributo que está sendo prestado a  Sérgio Rodrigues .
Um dos mais admiráveis nome do design brasileiro ganha uma exposição com 16 de suas peças mais representativas.
Abaixo algumas obras que estão expostas no evento:

 

Brazil S/A | Milan Design Week

 

 

Brazil S/A | Milan Design Week

 

Brazil S/A | Milan Design Week

Brazil S/A | Milan Design Week

Brazil S/A | Milan Design Week Brazil S/A | Milan Design Week

Brazil S/A | Milan Design Week

1- Poltrona Painho, desenhada por Fetiche Design e Marcelo Rosenbaum.
2- Brunno Jahara, Transatlântica para a Vista Alegre.
3- Adolini + Simonini – Sofá Linha Wood.
4- Zon Design – Chaise Octo.
5- Sérgio e Jack Fahrer- Banco Tamanduá.
6- Amélia Tarozzo – Berço.
7- Sérgio Matos – Cadeira Chita.

Visite: brazilsa