Dior – Haute Couture Surrealista

Dior Surrealista

Maria Grazia Chiuri, diretora artística das coleções femininas na Maison Dior, inspirou-se no movimento surrealista para criar a coleção de Alta-Costura Primavera Verão 2018. O desfile aconteceu na última segunda-feira, no Musée Rodin em Paris.

A estilista romana, feminista de carteirinha, assumiu a direção da grife há cerca de um ano. Já na sua primeira coleção para a Dior, colocou na passarela uma camiseta com os dizeres: “Todos deveríamos ser feministas” e levou para o desfile um tema controverso, que vem crescendo, continuamente.

Na  coleção de Alta-Costura Primavera Verão, Maria Grazia Chiuri homenageou a pintora argentina, Leonor Fini, a mais devassa e dissoluta mulher de seu tempo. Leonor dominava o mundo boêmio da arte parisiense na década de 30 e foi uma das únicas mulheres a fazer parte do movimento surrealista francês, do qual faziam parte, Salvador Dali, Picasso e Henri Cartier-Bresson.

Na passarela, o piso quadriculado em preto e branco, espelhos e toda a atmosfera cênica nos remetem ao Baile de Máscaras de Trumam Capote, uma das mais excepcionais festas privadas do século XX.

Peter Philips, diretor de criação e imagem da Dior, criou para o desfile uma maquiagem gráfica, com tatuagens temporárias nos dedos, braços, orelhas e pescoço. As frases tatuadas nas modelos, foram as do escritor francês, André Breton, precursor do movimento surrealista. Confira abaixo imagens do mais belo desfile da temporada francesa de Alta-Costura Primavera Verão 2018:

“Apenas a teatralidade inevitável da vida me interessa.”
Leonor Fini

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture

Dior Haute Couture
Imagens: Imaxtree e Marcus Tondo

 

Get the Look

Siga-nos:
pinterest    facebook1    instagram2   twitter

 

 

Piaget apresenta sua coleção “Secrets And Lights”

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

Inspirada na beleza arquitetônica de Veneza e no misterioso encanto de Samarcanda, situada no Uzbequistão,  Piaget  apresenta sua nova coleção entitulada:  “Secrets And Lights, uma Viagem Mítica”.
As duas cidades inspiradoras fizeram  parte da Rota da Seda, uma série de rotas interligadas através da Ásia do Sul, usadas no comércio da seda entre o Oriente e a Europa, desde o século 2 antes de Cristo até meados do século 16.
A linha “Segredos de Veneza” explora técnicas de arte plumária, esmaltação e gravação, e evoca a magia da cidade, seus bailes de máscara e seu esplendor arquitetônico, através de um delicado trabalho realizado pelos artesãos da Manufatura Piaget com a colaboração da artista de penas Nelly Saunier.
A linha “Luzes de Samarkand”, revela as cores vibrantes da praça Registan, mosaicos e arabescos da cidade.
Confira:

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

Piaget | Tempo da Delicadeza

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget presents the collection "Secrets And Lights"

 Piaget | Tempo da Delicadeza

 Piaget | Tempo da Delicadeza

 Piaget | Tempo da Delicadeza

 Piaget | Tempo da Delicadeza

 Piaget | Tempo da Delicadeza

 Piaget | Tempo da Delicadeza

 

O Glamour da moda italiana 1945-2014

The Glamour of Italian Fashion-Tempo da Delicadeza

O museu britânico Victoria & Albert apresenta a sua primeira exposição dedicada à moda italiana, a partir do final da Segunda Guerra Mundial até os dias atuais.
The Glamour of Italian Fashion 1945-2014 conta com o patrocínio da Bvlgari e estará em exibição de 5 de abril a 27 de julho.
Durante os anos 1950 e 60 muitos filmes de Hollywood foram filmados na Itália e tiveram um enorme impacto sobre a moda italiana. Estrelas como Audrey Hepburn e Elizabeth Taylor tornaram-se suas embaixadoras de estilo, gerando um apetite internacional para roupas de luxo made ​​in Italy. Em exibição estão cerca de 100 conjuntos e acessórios de casas de moda italianas, incluindo Simonetta , Pucci, Sorelle Fontana, Valentino , Gucci, Missoni, Giorgio Armani, Dolce & Gabbana, Marni , Fendi, Prada e Versace.

The Glamour of Italian Fashion-Tempo da Delicadeza

The Glamour of Italian Fashion-Tempo da Delicadeza

Glamour da moda italiana - Tempo da Delicadeza

The Glamour of Italian Fashion-Tempo da Delicadeza

The Glamour of Italian Fashion-Tempo da Delicadeza

A exposição apresenta lendárias joias da Bulgari que pertenceram a Elizabeth Taylor.
Acima Elizabeth Taylor no Baile de Máscaras, Hotel Ca’Rezzonico, Veneza, 1967.

The Glamour of Italian Fashion-Tempo da Delicadeza

The Glamour of Italian Fashion-Tempo da Delicadeza
Valentino com modelos em Roma, 1967.

Photos:
Giorgini Archive, Florença.
Museu Victoria and Albert, London.
The Art Archive.