SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

SP-Arte 2018

 

De 12 a 15 de abril acontece em São Paulo a 14ª edição da SP-Arte, que traz à capital paulista, o melhor da arte moderna e contemporânea. O festival está aberto ao público, no pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera. São mais de 140 expositores, expoentes do mercado nacional e internacional. Das 34 galerias internacionais que participam do evento, 13 são novatas e apresentam alguns de seus artistas mais notáveis. O evento agrega uma série de mostras paralelas e complementares, com visitas guiadas que saem a cada meia hora do balcão na entrada do Pavilhão. Entre os trabalhos expostos, o público poderá conferir os projetos “Solo e Repertório”, com a curadoria de Luiza Teixeira de Freitas. Os espaços foram concebidos com o objetivo de evidenciar a produção de importantes nomes do cenário contemporâneo. Programa imperdível para quem estiver em São Paulo, no final de semana.
Tempo da Delicadeza fez suas escolhas, e indica o que considera essencial para ser visto na SP-Arte 2018. Confira:

 

SP-Arte 2018
Anish Kapoor – Shadow III 7 – Técnica: Gravura em metal – © ArtEEdições Galeria

 

SP-Arte 2018
Marina Weffort –  da série “Tecidos”  © Pat Kilgore / Cavalo

 

SP-Arte 2018
Marina Weffort – da série “Tecidos” © Pat Kilgore / Cavalo

 

SP-Arte 2018
João José Costa – Galeria Berenice Arvani – Técnica: Guache sobre cartão – © Galeria Berenice Arvani

 

SP-Arte 2018
João José Costa – Galeria Berenice Arvani – Técnica: Guache sobre cartão – © Galeria Berenice Arvani

 

Steve McCurry – Galeria de Babel – Título: Tempestade de Areia (Rajasthan, India) Data do trabalho: 1983. Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 99% proteção Dimensões: 55,3 x 36,7 x 7 cm :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel

 

Steve McCurry – Vendedor de Flores em Dal Lake (Jammu e Kashmir. Srinagar, India) Steve McCurry – :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel – Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 70% proteção.

 

Steve McCurry – Título: Menina Afegã com Xale Verde. Data do trabalho: 2002. Técnica: C-print digital no papel Fuji Flex Crystal Archive adesivado em ACM (aluminio composto). Moldura em folha de madeira tratada de nogueira e vidro anti-reflexo alemão 70% proteção – :copyright: Steve McCurry / Galeria de Babel

 

SP-Arte 2018
Ted Larsen – Privateview Ted Larsen – Técnica: Ferro, compensado marítimo, :copyright: Privateview

 

SP-Arte 2018
Martin Derner – Kubikgallery, :copyright: Constança Babo / Kubikgallery

 

Pixinguinha
Walter Firmo – Galeria Mario Cohen – Título: Pixinguinha I. Data do trabalho: 1964 Técnica: Impressão digital em papel de algodão, :copyright: Galeria Mario Cohen.

 

SP-Arte 2018
Andrei Thomaz – Adelina Galeria  – Título: Céus -Técnica: Fotografia :copyright: Andrei Thomaz / Adelina Galeria

 

SP-Arte 2018
Marília Bianchini – Galeria de Arte Mamute – Título: Revoada Data do trabalho: 2017 Técnica: Fotografia com impressão sobre papel artesanal – © Galeria de Arte Mamute

 

Volpi
Alfredo Volpi – Dan Galeria Alfredo Volpi Título: Velas e mastros Data do trabalho: 1970 Técnica: Têmpera sobre tela Dimensões: 137 x 68 cm :copyright: Dan Galeria

 

SP-Arte 2018
Luzia Simons – Bolsa de Arte de Porto Alegre Luzia Simons. Título: Stockage 128 – Técnica: Scanograma, impressão light jet, metacrilato – © Bolsa de Arte de Porto Alegre

 

SP-Arte 2018
Adriano de Aquino – OÁ Galeria – Técnica: Poliuretano uretano sobre alumínio – © Bruno Coelho / OÁ Galeria

 

SP-Arte 2018
Luiz Sacilotto – Dan Galeria – Título: C 9991- Técnica: Tinta acrílica sobre tela – © Dan Galeria

 

SP-Arte 2018
Vik Muniz – Galeria Nara Roesler – The Abaporu, after Tarsila – Técnica: Impressão de pigmento sobre papel de algodão – © Vik Muniz / Galeria Nara Roesler

 

SP-Arte 2018
Josef Albers – :copyright: The Josef and Anni Albers Foundation / Artists Rights Society (ARS), New York. Courtesy David Zwirner, New York/London/Hong Kong

 

SP-Arte 2018
Fernanda Fragateiro – Técnica: Carderno acrílico ,© António Jorge Silva. Courtesy of the artist and the Galería Elba Benítez.

 

 Núcleo editorial:

 

SP-Arte 2018
Betina Samaia – Editora Madalena – Título: Noite afora noite adentro – Data do trabalho: 2017 Fotolivro :copyright: Editora Madalena

 

SP-Arte 2018
Adriana Varejão, Lilia Moritz Schwarcz – Título: Pérola Imperfeita: A história e as histórias na obra de Adriana Varejão :copyright: Cobogó

 

SP-Arte 2018
Marcelo Brodsky – Editora Madalena -Título: 1968: The fire of ideas – Data do trabalho: 2017 Fotolivro © Editora Madalena

 

SP-Arte 2018
Sebastião Salgado – Taschen – Título: Gênesis. Data do trabalho: 2013 Fotolivro © Taschen

 

SP-Arte 2018
Yoko Ono e John Lennon – Desapê Yoko Ono e John Lennon Título: This is not here Data: 1971 Publicação de artista Dimensões: 55.5 x 43 cm © Rose Steinmetz / Desapê

 

Design:

Os mais destacados expositores do mobiliário brasileiro dividem espaço com respeitados antiquários e designers independentes. “O mobiliário moderno brasileiro é referência no mundo inteiro. Hoje, nossos designers contemporâneos também vêm criando uma produção cheia de personalidade que é reconhecida internacionalmente. Queremos então, reunir todo esse potencial do design brasileiro ao Festival: seja ele antigo, moderno ou contemporâneo, produzido em maior ou menor escala e das mais diversas vertentes”, afirma Fernanda Feitosa, diretora da SP-Arte. Os estandes do setor apresentam luminárias, peças de tapeçaria, além de mobiliário moderno e contemporâneo. Tudo disposto em um ambiente que convida o público a ter um contato próximo com as peças e interagir com os criadores.

 

SP-Arte 2018
Paulo Alves – Estúdio Paulo Alves – Peça: Chaise Sereia Data do trabalho: 2005 – Materiais: Compensado multilaminado de sumaúma – Dimensões: 75 cm x 1,77 m x 54 cm © Estúdio Paulo Alves

 

SP-Arte 2018
Paulo Alves – Estúdio Paulo Alves – Poltrona Bombom – Data do trabalho: 2017 Materiais: Madeira e tecido Dimensões: 60 x 60 x 60 cm :copyright: Estúdio Paulo Alves

 

SP-Arte 2018
Hugo França – Hugo França – Peça: Cadeira Leza. Data do trabalho: 2017 – Materiais: Madeira Pequi Dimensões: 64 x 49 x 46 cm :copyright: André Godoy / Hugo França

 

SP-Arte 2018
Ana Neute por Itens – Peça: Shanghai Data do trabalho: 2016 – Luminária em cobre escovado e branco microtextura. Dimensões: 60 x 40 x 40 cm :copyright: Nicolas Camargo / Ana Neute por Itens

 

SP-Arte 2018
Ana Neute por Itens – Jabuticaba. Data do trabalho: 2016. Materiais: Luminária em latão escovado e globos em vidro Dimensões: 25 x 170 x 25 cm :copyright: Nicolas Camargo / Ana Neute por Itens

 

SP-Arte 2018
Jacqueline Terpins – Peças: Vaso Glacial I + Vaso Glacial II Data do trabalho: 2018 Materiais: Cristal Soprado Free Form Dimensões: 45 x 30 x 17,5 (maior) e 19 x 9 x 8 (menor) © Andrés Otero / Jacqueline Terpins

 

SP-Arte 2018
Jacqueline Terpins – Peça: Vaso Corte Data do trabalho: 2018 Materiais: Cristal Soprado Free Form. Dimensões: 42 x 17 x 15 cm :copyright: Andrés Otero / Jacqueline Terpins

 

Sp-Arte/2018
12 a 15 de abril
13h às 21h
Pavilhão da Bienal, Parque Ibirapuera, Portão 3
São Paulo – Brasil

Siga-nos:

pinterest facebook1 instagram2 twitter

 
Entrada: R$ 45,00 (geral), R$ 20,00 (meia proporcional) – estudantes, portadores de deficiência e idosos com mais de 60 anos – necessário a apresentação de documentos.
O Vale-Cultural poderá ser utilizado para o abatimento de 50% do valor do ingresso. Crianças de até 10 anos não pagam.

 

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Este apartamento localizado em São Paulo, capital econômica da América Latina, foi totalmente remodelado pelo estúdio de arquitetura Coletivo Arquitetos. O maior desafio apresentado aos profissionais Cesar Coppola e Daniela Coppola foi o de transformar um espaço neoclássico em contemporâneo.

Os novos proprietários, um jovem casal que nutre uma grande paixão pela arte e natureza, buscava espaços que estivessem em sintonia com seus estilos de vida.

A premissa básica do projeto era: “Viver com arte e jardim”.
O apartamento foi totalmente repensado. Paredes foram derrubadas e o interior foi reorganizado para proporcionar uma maior integração e fluxo entre os espaços. Um jardim com árvores frutíferas foi criado na sacada do apartamento, o que trouxe uma atmosfera descontraída e relaxante, além de criar uma transição suave para a urbana e vibrante paisagem de São Paulo.

Uma seleção primorosa de obras dos artistas contemporâneos Alex Katz, Vik Muniz, Abraham Palatinik, Ernesto Neto, Janaina Tschape, Leda Catunda, Nazareno, Alex Prager, Jeff Koons e Ron Galella, enriquecem a decoração dos espaços.

Uma abertura na estrutura de concreto leva a uma adega com paredes em acrílico. Esferas luminosas da Bocci, estão presentes na vegetação da sacada. Os proprietários adoram esferas e elas podem ser vistas em todo o apartamento.
Eu também adoro! Para mim, as formas arredondadas, quebram o excesso de linhas retas nos ambientes contemporâneos e criam um design mais delicado e harmonioso.
Confira:

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Apartamento em SP

Imagens: Rui Teixeira

 

Confira tendências de decor apresentadas na Casa Cor RS 2015

 Lounge Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

A 24ª edição da Casa Cor RS, teve início no dia 16 de junho e encerra-se em 09 de agosto. O tema da Mostra deste ano foi: “O Brasil visto por dentro”. Os principais nomes da arquitetura, decoração e paisagismo do Rio Grande do Sul apresentam novidades e soluções exclusivas que estão inspirando os inúmeros visitantes da Casa Cor.
Com localização privilegiada e uma área total de 3.500 m², a mostra é composta por 41 ambientes assinados por 62 profissionais selecionados pela curadoria local. Os projetos contemplam áreas de convívio nos mais diversos estilos e buscam valorizar o design nacional e o estilo de vida dos brasileiros.
Confira abaixo algum dos belíssimos ambientes da Casa Cor RS 2015  :

 Lounge Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Cristina da Luz e Daniel Schon assinam o Lounge e a Bilheteria, um espaço luxuoso com muito estilo e personalidade.
A continuidade do pergolado em gesso e a iluminação automatizada acompanha todo o espaço transformando o lounge e a bilheteria em um único espaço.
A parede em boiserie laqueada na cor verde fendi destaca o sofá em tom pale pink e o lustre de cristal.
As obras de arte são assinadas por Vasco Prado e Vitor Hugo.

 Lounge Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

 Lounge Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

 Lounge Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Sandro Jasnievez assina o ambiente “La Playa”, um loft de 165 m² que foi inspirado nos balneários de Punta Del Este e Palma Mallorca.

Beach House - Tempo da Delicadeza

Beach House - Tempo da Delicadeza

Beach House - Tempo da Delicadeza

A Capela foi assinada por Dall’Agnol R. Júnior.
O arquiteto usou o número sete para definir a proporção estrutural e estética do ambiente de 11 m². A capela possui sete metros de altura e são sete os vãos envidraçados; a mesma quantidade de lustres pendentes em cristal e de telas de LCD que funcionam como quadros digitais. O algarismo foi escolhido por encontrar sentidos e correspondências em diversas religiões, caracterizando um perfil ecumênico.

Capela - Tempo da Delicadeza

Chapel - Tempo da Delicadeza

Chapel - Tempo da Delicadeza

Chapel - Tempo da Delicadeza

A arquiteta Karine Queiroz assina esta cozinha contemporânea;  um projeto moderno e arrojado. Destaque para o Amarelo, que fez toda a diferença no espaço apresentado pela arquiteta. As cozinhas  COLORIDAS  estão em alta!

Contemporary Kitchen - Tempo da Delicadeza

Contemporary Kitchen - Tempo da Delicadeza

A arquiteta Gabriele Ávila assina a Cozinha do Chef. Linhas retas e tons sóbrios acrescentam um ar masculino ao ambiente. Todos os eletrodomésticos foram embutidos, e os armários fechados criaram um visual clean .

Gourmet Space - Tempo da Delicadeza

Gourmet Space - Tempo da Delicadeza

Gourmet Space | Tempo da Delicadeza

A arquiteta Andrea Magalhães concebeu o seu lindo espaço em tons neutros e  mobiliário em laca perolada.
Destaque para as almofadas em seda e pele sobre o sofá de quatro metros de comprimento, poltronas Re-vive e para o tapete com padronagem sinuosa.

Living Andrea Magalhães | Tempo da Delicadeza

Living Andrea Magalhães | Tempo da Delicadeza

Living Andrea Magalhães | Tempo da Delicadeza

Living Andrea Magalhães | Tempo da Delicadeza

Living Andrea Magalhães | Tempo da Delicadeza

A arquiteta Lídia Maciel concebeu seu espaço “Carpe Diem” para ser usufruído em tempo integral. A natureza incorpora-se ao ambiente, através de enormes painéis de vidro.
A área social foi totalmente integrada, para criar um estilo de vida contemporâneo.
O terraço, com vegetação, espelho d’agua e obra do artista Demetrius Coelho, finaliza o projeto com muita elegância e contemporaniedade.

Stunning Living by Lídia Maciel - Tempo da Delicadeza

Luxury Living Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Luxury Living Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Luxury Living Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Luxury Living Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Luxury Living Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Luxury Living Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Luxury Living Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Casa Cor RS - Tempo da Delicadeza

Imagens: Cristiano Carniel e Eduardo Liotti

 

Mostra Artefacto 2015 apresenta mestres do décor brasileiro

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto 2015  apresenta grandes ambientes assinados por 10 nomes de peso da arquitetura e do design de interiores brasileiros.
Este ano o evento tem como curadora Esther Jackson, representante da Architectural Digest (EUA).
Outra grande inovação da Mostra foi o projeto Ação do Bem, no qual, cada uma das dez personalidades homenageadas pelos arquitetos, escolheram uma instituição de caridade para que a Artefacto doasse a quantia de R$ 20 mil. Portanto, foram doados R$ 200 mil reais para obras filantrópicas.
Por fim, para reforçar seu trabalho de apoio às artes, a Mostra homenageia dez artistas plásticos com o intuito de traçar um paralelo entre a cultura brasileira, a arquitetura e o design contemporâneo nacional.
Sobre a coleção 2015, a Artefacto conta com duas linhas que expressam as tendências para este ano: Brasília e Desert.
A primeira ganhou curvas laterais bem femininas que remetem ao estilo introduzido pelo arquiteto Oscar Niemeyer. A segunda aposta no mix monocromático entre metais, couros e tecidos.
Confira abaixo os luxuosos espaços da Mostra:

Christina Hamoui

O sofisticado espaço neoclássico criado pela designer de interiores apresenta paredes em boiserie, piso de mármore e cartela de cores que vão do preto ao off white, passando pelo bege e Fendi. Os móveis são modernos em acrílico, vidro, madeira e muito metal.

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Mostra Artefacto | Christina Hamoui

Débora Aguiar

A arquiteta integrou todos os espaços.  Os ambientes ganharam  iluminação especial que ajuda a enfatizar a beleza das obras de arte e dos revestimentos em tons neutros. O mobiliário é marcado por poltronas e chaises com estofamento em couro e seda, aparadores em aço niquelado e laca nas mesas de centro.

Mostra Artefacto | Débora Aguiar

Mostra Artefacto | Débora Aguiar

Mostra Artefacto | Débora Aguiar

Mostra Artefacto | Débora Aguiar

Mostra Artefacto | Débora Aguiar

Diego Revollo

O espaço monocromático do arquiteto aposta na predominância de tons neutros que vão do cinza até o grafite, pontuados por verde e azul,  presentes nas almofadas e nas poltronas. O dourado adiciona um sopro de contemporaneidade ao ambiente.

Mostra Artefacto | Diego Revollo

Mostra Artefacto | Diego Revollo

Mostra Artefacto | Diego Revollo

Mostra Artefacto | Diego Revollo

Mostra Artefacto | Diego Revollo

Fabio Morozini

O ambiente criado pelo arquiteto  apresenta elementos utilizados em muitos lofts como as paredes de concreto que servem como base para a iluminação assinada e para os móveis  estofados em couro.

Mostra Artefacto | Fabio Morozini

Mostra Artefacto | Fabio Morozini

Jayme Bernardo

O loft de 116 m², é composto por living, sala de jantar, banheiro e quarto. O espaço foi valorizado através de tecidos, couros e madeiras que acrescentam sofisticação aos ambientes.

Mostra Artefacto | Jayme Bernardo

Mostra Artefacto | Jayme Bernardo

Mostra Artefacto | Jayme Bernardo

Mostra Artefacto | Jayme Bernardo

Mostra Artefacto | Jayme Bernardo

Mostra Artefacto | Jayme Bernardo

Mostra Artefacto | Jayme Bernardo

João Armentano

O espaço de 145 m² apresenta uma atmosfera urbana, minimalista e moderna. O tom ébano no piso contrasta com os pequenos detalhes do ambiente em cores claras.

Mostra Artefacto | João Armentano

Mostra Artefacto | João Armentano

José Marton

A proposta do projeto é desbravar os fenômenos ópticos produzidos pela luz. A partir daí, nasceu um espaço fundado nos princípios do caleidoscópio.

Mostra Artefacto | José Marton

Mostra Artefacto | José Marton

Mostra Artefacto | José Marton

Patricia Anastassiadis

O ambiente é dividido em lounge, suíte feminina e suíte masculina. Texturas trazem aconchego aos ambientes apresentado pela arquiteta.

Mostra Artefacto | Patricia Anastassiadis

Mostra Artefacto | Patricia Anastassiadis

Mostra Artefacto | Patricia Anastassiadis

Mostra Artefacto | Patricia Anastassiadis

Roberto Cimino e Nelson Amorim

O loft com ares masculinos foi construído em homenagem ao atleta Guga Kuerten. O amplo espaço conta com living e espaço gourmet integrados, além de um home office e um canto de leitura para recarregar as energias.

Mostra Artefacto | Roberto Cimino e Nelson Amorim

Mostra Artefacto | Roberto Cimino e Nelson Amorim

Mostra Artefacto | Roberto Cimino e Nelson Amorim

Mostra Artefacto | Roberto Cimino e Nelson Amorim

Mostra Artefacto | Roberto Cimino e Nelson Amorim

Mostra Artefacto | Roberto Cimino e Nelson Amorim

Denise Barreto

O elegante terraço externo criado pela arquiteta apresenta mobiliário disposto de maneira a ressaltar as jabuticabeiras do jardim.

Mostra Artefacto | Denise Barreto

Mostra Artefacto | Denise Barreto

Mostra Artefacto | Denise Barreto

Mostra Artefacto | Denise Barreto

 

MOSTRA ARTEFACTO HADDOCK LOBO
Quando: 14 de março das 14h às 20h
Duração: 11 meses
Entrada gratuita
Tel: (11) 3087-7000
Rua Haddock Lobo, 1405 – Jd. Paulista