eradojazz49

A Explosiva Era do Jazz

Era do Jazz

A Era do Jazz também conhecida como “The Roaring Twenties”, teve início com o término da Primeira Guerra Mundial. Este período  foi marcado por uma enorme revolução nos costumes vigentes. A ordem era mudar, subverter e criar novos conceitos.

Com o fim da guerra, jovens contestadores resolveram viver intensamente. O período foi marcado por festas embaladas pelo ritmo do Jazz, glamour, brilho, prazer, diversão, prosperidade econômica, luxo, carros velozes e , champagne.

Nas grandes metrópoles houve uma uma grande efervescência cultural. No Brasil ocorreu a Semana de Arte Moderna, também chamada de Semana de 22, que representou  uma verdadeira renovação no contexto artístico e cultural, marcando o início do Modernismo no país.

Era do Jazz

Flappers – Melindrosas:

Com o final da guerra as jovens começam a contestar os costumes vigentes.

Surgem então, as Melindrosas ou “Flappers”, jovens que passam a adotar um comportamento inaceitável para a época. São ousadas, usam maquiagem em excesso, tiram as sobrancelhas, fumam e bebem em público, isto em pleno período da Lei Seca nos EUA  e, passam a dirigir seus próprios carros. Audaciosas, desrespeitam as normas sociais e sexuais.

Os cabelos são cortados em barbearias no estilo À La Garçone. Seus vestidos ficam mais curtos e ganham miçangas e franjas para balançarem e reluzirem ao som do Jazz e Charleston. Coco Chanel, influencia estas jovens, quando reproduz em suas próprias roupas a sua personalidade, emancipando as mulheres dos fru-frus e babados.

Era do Jazz

Art Deco:
É um movimento internacional de design, meramente decorativo, que surgiu em 1925, influenciando as artes em geral. Considerado elegante, funcional e moderno, utiliza os princípios do cubismo, geometrizando tudo, edifícios, joias, esculturas, luminárias e móveis.

Tamara de Lempicka:
Foi uma grande pintora Art Deco. Desenvolveu seu próprio estilo, único e ousado, definido por muitos como “Cubismo Suave”.
Por volta de 1923 começou a expor seu trabalho em importantes galerias.
Levou uma vida boêmia, digna de uma “Flapper”.

Fim da Era do Jazz:
A Era do Jazz chega ao fim com o “crash” de 1929, quando o mercado acionário cai e o mundo mergulha em uma Grande Depressão. Não há mais espaço para frivolidades. No entanto, grande parte das mudanças impetradas pelas “Flappers”, permanecem.

A seguir, algumas imagens que ilustram este período:

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz
René Gruau

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz
Brent Heighton

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz
Mint Julep
Era do Jazz
Miles Davis by Dennis Stock

Era do Jazz

Era do Jazz
Thomas Cantrell Dugdale.

Era do Jazz

Era do Jazz
Thomas Wilker

Era do Jazz

Era do Jazz

Tempo da Delicadeza

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz
TAMARA DE LEMPICKA,
Era do Jazz
Tamara de Lempicka:
Self portrait in the green Bugatti

Detalhes Art Deco:

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz
Harold Septimus Power

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz

Era do Jazz
Nick Knight
Era do Jazz
Mads Berg

Era do Jazz

Imagens: Pinterest

4 comentários em “A Explosiva Era do Jazz

  1. Valuable info. Lucky me I found your website by accident, and I am shocked why this accident didn’t happened earlier! I bookmarked it.

    Responder

  2. Thank you a lot for giving everyone remarkably breathtaking chance to discover important secrets from here. It can be very fantastic and full of fun for me personally and my office peers to visit your web site really three times per week to read through the latest issues you have got. Not to mention, I’m always contented with all the incredible information you give. Some 2 areas on this page are basically the most impressive we’ve ever had.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha *